Anvisa recomenda isolamento para integrantes da comitiva presidencial que chegam nesta quarta-feira ao Brasil; Queiroga está com a covid

A Anvisa considera que a situação deve ser objeto de apreciação imediata pela Casa Civil da Presidência da República

Da Redação

A Anvisa encaminhou, neste início de madrugada, ofício à Casa Civil da Presidência da República recomendando que os integrantes da comitiva presidencial que estiveram, nos últimos dias, na cidade de Nova Iorque (EUA), e mantiveram contato com o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga – testado positivo para a COVID-19 - realizem isolamento de 14 dias, nos termos do Guia de Vigilância Epidemiológica para COVID-19 publicado pelo Ministério da Saúde. A informação foi confirmada ao DT pelo próprio órgão. 

A agência submeteu à Casa Civil considerações relativas aos regramentos vigentes e antecipou recomendação sanitária alinhadas às regras brasileiras que visam à proteção dos viajantes e da população brasileira.

No expediente, a Anvisa considera que a situação deve ser objeto de apreciação imediata pela Casa Civil da Presidência da República, à luz do que preconiza o art. 10, da Portaria 655, de 2021, o qual prevê? que os ministérios responsáveis pela sua edição, poderão, de forma fundamentada e mediante prévia consulta a? Anvisa, analisar os casos excepcionais quanto ao cumprimento de determinações sanitárias no âmbito das regras estabelecidas pela mesma portaria.

Nesse contexto e em vista da urgência do caso, a Anvisa antecipou sua recomendação, orientando que os integrantes da comitiva: 

a) desembarquem no Brasil de forma a expor o mínimo possível ambientes e pessoas;

b) cumpram o período de isolamento de 14 dias após o último dia de contato com o caso confirmado de covid-19, conforme o Guia de Vigilância Epidemiológica para COVID-19 publicado pelo Ministério da Saúde;

c) cumpram isolamento na cidade de desembarque no Brasil, evitando novos deslocamentos ate? que tenham ultrapassado o período de transmissibilidade do vi?rus;

d) sejam novamente testados em solo brasileiro.

Adicionalmente, depois do desembarque, a Anvisa propôs que seja realizada a limpeza e desinfecção da aeronave conforme protocolos de higienização.