Arapoema: Acusado de homicídio por ciúme de ex-namorada aguarda decisão judicial na cadeia de Colinas; Autor deverá ir á jurí popular

O caso ocorreu há um mês (Dezembro) e chocou a cidade de Arapoema do Tocantins, no extremo norte do TO.

Da Redação

Jackson da Rocha Rezende, autor de três disparos contra a vitima José Edson Martins Lotes, ocorrido há um mês na cidade de Arapoema, e aguarda julgamento na cadeia de Colinas do Tocantins e poderá ir a júri popular. O motivo segundo os autos de prisão em flagrante teriam sido ciúmes da ex-namorada. Acusado deverá ir a júri popular, depois de realizadas diversas audiências.

Conforme a determinação expedida pelo juiz José Carlos Ferreira Machado que homologou o flagrante e remeteu ao juízo da comarca de Arapoema onde ocorreu o homicídio qualificado. O caso deverá ser julgado na cidade de origem da cidade e também ir a júri popular.

O caso ocorreu há um mês (Dezembro) e chocou a cidade de Arapoema do Tocantins.

Segundo o boletim de ocorrência registrado o autor teria feito três disparos de um calibre 22 em desfavor de José Edson Martins Lopes, que após ser socorrido por populares deu entrada no hospital e em seguida veio a óbito.

O autor responde por outros dois crimes ao qual foram relacionados aos autos do homicídio.

Precaução

A justiça entendeu deixar o preso na cadeia publica de Colinas do Tocantins, por precaução de uma possível represália por parte de moradores da cidade de Arapoema do Tocantins.

(O Diário Tocantinense abre espaço para que os envolvidos possam comentar o assunto).

 

 

-