As aulas da Rede Municipal de Ensino de Colinas do Tocantins continuam na modalidade remota com estratégias híbridas

A evasão escolar deve ser evitada, pois traz implicações não só para os pais e responsáveis, mas para todos os alunos

Da Redação

“A pandemia tem aumentado a evasão escolar, em todo o Brasil. No Município de Colinas do Tocantins não é diferente, com essa realidade muitos pais deixaram de matricular os filhos e a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, está buscando estratégias para reverter esse quadro. Estamos procurando tranquilizar pais e responsáveis de que todas as medidas de segurança e saúde estão sendo seguidas”, explicou a secretária de Educação, Odalea Barbosa.

O assessor jurídico da Educação, advogado Wylly Rêgo explica que é uma responsabilidade dos pais e responsáveis matricular os filhos. “Sabemos que é uma nova realidade, mas o dever do Município de ofertar vagas nas escolas não exime a obrigação dos pais de matricular os filhos. A evasão escolar deve ser evitada, pois traz implicações não só para os pais e responsáveis, mas também para todos os alunos não matriculados, que perdem a oportunidade de serem educados, o que agrava a crise na Educação do país”. A Secretária acrescenta que está sendo disponibilizado aos alunos um reforço escolar de forma escalonada, para garantir segurança. Disponibilizamos também atendimentos psicológicos no Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado – CMAEE. Temos que nos adequar aos novos tempos, não podemos perder a esperança”. (Assessoria de imprensa)