Cadeia produtiva da piscicultura de Colinas será fortalecida com apoio do Ruraltins

O censo da piscicultura em 2018 pelo Ruraltins sobre a produção aponta que em 2017 Colinas teve uma produção 29.300kg

Da Redação

Visando desenvolver a cadeia da piscicultura, técnicos do Ruraltins de Colinas, em parceria com a prefeitura do município, estão realizando um levantamento dos produtores que já desenvolvem a atividade de piscicultura, e os que têm interesse nesse cultivo para prestar assistência técnica e assim, alavancar a produção de peixes no município.

Com assistência técnica do Ruraltins, produtores serão orientados desde o processo de licenciamento ambiental para desenvolver a atividade, quanto na construção dos tanques e manejo dos peixes. “Este levantamento, junto com a prefeitura de Colinas, visa fortalecer a atividade da Associação de Piscicultores do município, principalmente, nos serviços de assistência técnica tanto no manejo, quanto no processo de licenciamento, e ainda no suporte para o levantamento topográfico na construção dos tanques”, destacou o engenheiro de pesca do Ruraltins, Renan Sousa.

Para o presidente do Ruraltins, Fabiano Miranda, a piscicultura é uma atividade que está recebendo muitos incentivos do Governo do Tocantins, uma vez que o estado oferece condições favoráveis para o cultivo, e também por se tratar de um alimento de alto valor proteico desenvolvido em um curto espaço de tempo. “O que torna a atividade uma boa alternativa para a diversificação nas pequenas propriedades rurais e uma ótima alternativa de renda”, completou.

Censo da piscicultura

No município, o censo da piscicultura realizado em 2018 pelo Ruraltins sobre a produção aponta que em 2017 Colinas teve uma produção 29.300kg, desenvolvida por 14 produtores.