Colinas, Arapoema e Pau D'Arco aderem ao Cidade Empreendedora

Os gestores participaram de cerimônia, que seguiu os protocolos de segurança, para iniciar as ações nos municípios

Da Redação

Prefeitos de Colinas, Arapoema e Pau D’Arco assinaram termo de adesão ao Programa Cidade Empreendedora, que usa estratégias para direcionar e acelerar o processo de desenvolvimento socioeconômico local. Na manhã de quarta-feira, 28, os gestores participaram de cerimônia, que seguiu os protocolos de segurança, para iniciar as ações nos municípios.

O Programa Cidade Empreendedora visa a implantação de políticas de desenvolvimento em eixos estratégicos como lideranças locais, desburocratização, compras governamentais, inovação e sustentabilidade, cooperativismo e crédito, entre outras. É uma solução ideal para municípios interessados em transformar a situação em que se encontram, permitindo o aprimoramento do Ambiente de Negócios.

A diretora do Sebrae, Eliana Castro, afirmou que a instituição atua em parceria com os gestores, levando uma visão empreendedora da gestão pública. “Vamos trabalhar junto às prefeituras na promoção do desenvolvimento econômico, além do fomento na geração de emprego e renda através dos pequenos negócios”. 

O secretário de Desenvolvimento de Colinas, Iran Júnior, destacou a importância do Programa e das ações junto ao Sebrae. “Vamos ofertar nessa parceria as capacitações de compras públicas, que são cursos, tanto para colaboradores da Prefeitura como para empresários de forma gratuita. Além disso, já estamos aplicando muitas ações, como expansão e oportunidades de crescimento nos negócios, na Sala do Empreendedor”, enfatizou.

O gerente do Sebrae em Colinas, Aldeni Torres, afirmou que os planos de trabalho serão personalizados, levando em consideração a vocação de cada cidade. “Nós identificamos as demandas para fomentar o empreendedorismo e, assim, promover oportunidades para novos negócios”, ressaltou.

Força Mulher

Durante o evento, foi apresentado também o projeto Força Mulher, que será realizado em parceria com os CRAS do município, consultorias, capacitações e oficinas de empreendedorismo, para apoiar as mulheres empreendedoras, que abrem os negócios, e às vezes não tem a oportunidade de capacitação. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)