Curtas

Comitê do Fogo realiza Dia D de combate às queimadas na Capital

Ao todo, participarão da ação, na Capital, mais de vinte instituições que utilizarão 23 veículos e 50 agentes que percorrerão 10 rotas nas propriedades rurais do entorno de Palmas.

Foto: Divulgação
  • Da Redação
  • 12 de junho de 2018

O Comitê Estadual de Combate a Incêndio Florestal e Controle de Queimadas no Estado do Tocantins (Comitê do Fogo) realiza nesta quarta-feira, 13, a partir das 7 horas, o Dia D de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais em Palmas. A ação é realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO), por meio da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cedec-TO), e demais instituições integrantes do Comitê do Fogo e faz parte do Plano de Ação das atividades a serem implementadas em 2018.

Ao todo, participarão da ação, na Capital, mais de vinte instituições que utilizarão 23 veículos e 50 agentes que percorrerão 10 rotas nas propriedades rurais do entorno de Palmas.

Decreto

No dia 28 de maio de 2018, o Governo do Estado publicou o Decreto Nº 5.823 declarando a situação de risco de desastre ambiental resultante de incêndios florestais na área de cobertura vegetal de 11 municípios no Tocantins: Almas; Formoso do Araguaia; Lagoa da Confusão; Lizarda; Mateiros; Palmas; Paranã; Pium; Ponte Alta do Tocantins; Rio Sono e Santa Rita do Tocantins.

“O Dia D de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais, atenderá todas as cidades contempladas no decreto de situação de emergência ambiental”, enfatizou o presidente do Comitê e atual superintendente da Cedec-TO, tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo.

Dia D de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais

Segundo o tenente-coronel Geraldo Primo, “o Dia D é um dia de conscientização aos proprietários rurais, onde as instituições parceiras visitam as propriedades e orientam os donos das áreas rurais a respeito dos prejuízos que as queimadas provocam e as conseqüências de se realizar queimadas sem a devida autorização do órgão competente, para que possamos reduzir os focos de incêndios no nosso Estado”. 

A ação compreende visitas nas propriedades rurais, priorizando os municípios com maior número de focos de queimadas nos últimos três anos, visando sensibilizar e levar informações sobre mecanismos e prevenção (manejo do solo e construção de aceiros) e uso legal do fogo (autorização e queima controlada), bem como de possíveis aplicações da legislação para repressão às atitudes irregulares.

A previsão é que, no próximo dia 19 de junho, o Dia D seja realizado em Almas, e Ponte Alta do Tocantins; dia 20 em Paranã e Mateiros; dia 28 de junho em Pium e Santa Rita do Tocantins; dia 29 em Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia; dia 4 de julho em Rio Sono e dia 5 de julho em Lizarda. (Com informações da Assessoria de Imprensa)

Deixe seu comentário: