Estado

Conselho Fiscal do IGEPREV cobra ao Governo repasse de contribuições em atraso

A notificação é para que o tesouro repasse no prazo de 15 dias se dê a regularidade a contribuição patronal.

Foto: Da Assessoria
  • Da Redação
  • 10 de abril de 2019

Na tarde desta segunda-feira, 08, os Conselheiros Fiscais do IGEPREV - Instituto de Gestão Previdenciária, protocolaram na Secretaria da Fazenda, ofício direcionado ao Secretário Sandro Henrique Armando, em que cobram repasse das contribuições previdenciárias dos Poderes Executivo e Legislativo.

A notificação é para que o tesouro estadual repasse  no prazo de 15 dias se dê a regularidade dos pagamentos da contribuição patronal e da contribuição dos servidores devidas desde o ano de 2016. Os conselheiros também solicitam o cronograma de pagamentos e uma audiência do Conselho Fiscal com o Secretário da Fazenda e Planejamento para discutir a situação fiscal do IGEPREV, em especial os valores em aberto devidos pelo Poder Executivo Estadual.

Além do Poder, também o Poder Legislativo está em atraso em relação aos repasses devidos ao IGEPREV, desde dezembro de 2018. “São os repasses das contribuições previdenciárias, que já foram descontadas dos servidores e até então não foram repassadas pelo governo ao IGEPREV. Esperamos que o secretário Sandro Henrique, regularize de imediato esses repasses”, disse o conselheiro Jorge Couto.

A contribuição patronal é o percentual sobre o salário de cada servidor estadual que o próprio governo é obrigado a contribuir com o Instituto.

O ofício foi assinado pelos conselheiros, João Paulo de Aguiar da Silveira, Fleuri Pereira dos Santos, Jorge Antonio da Silva Couto, Wellington Magalhães e Delmiro da Silva Moreira.

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/Fe

Deixe seu comentário: