Corpo do ex-prefeito de Colinas, Dr. Ewaldo Borges, é encontrado 11km de onde o barco tinha afundado

O médico e ex-prefeito de Colinas do Tocantins, Ewaldo Borges Rezende desapareceu no último sábado após o barco afundar no rio

Da Redação

O médico e ex-prefeito de Colinas do Tocantins, Ewaldo Borges Rezende (gestão 1993-1996, PMDB), morreu após o barco em que estava com o irmão Hélio Borges, afundar no Rio Araguaia, na região de Arapoema, na madrugada de sábado, 25. 

Segundo informações do Corpo de Bombeiro, o corpo de Ewaldo Borges, de 73 anos, que estava desaparecido desde sábado, 25, após o barco que estava com o irmão afundar no Rio Araguaia, em Arapoema, foi encontrado neste domingo, 26. O corpo estava a cerca de 11 km de onde o barco tinha afundado, em uma região chamada de "curral das pedras"".

Formado em Medicina pela Universidade de Londrina, Ewaldo Borges Rezende atuou no Hospital Geral de Palmas (HGP) e foi prefeito de Colinas pelo MDB de 1993 a 1996. 

Ewaldo deixa sua esposa Adriana, e seus quatros filhos, Vinícius, Douglas,Luciana, Francisco José, André e Evaldo Júnior. O corpo está sendo encaminhado para Palmas onde será velado. 

Confiram as notas de pesares:

Nota de pesar Governador do Estado 

Com muito pesar, recebi a notícia da morte do ex-prefeito de Colinas do Tocantins, o médico Evaldo Borges Resende, ocorrido na madrugada deste sábado, 25, em um trágico acidente quando o barco em que estava afundou no Rio Araguaia, próximo a Arapoema, na região norte do Estado.

Evaldo Borges Resende era médico e atuou como clínico geral no Hospital Geral de Palmas (HGP), onde conquistou a admiração e o respeito dos colegas e pacientes. Como prefeito de Colinas (1993 a 1996) trabalhou com dedicação pelo crescimento e desenvolvimento do município e região.

Neste momento de luto, clamo para que nosso eterno e bom Deus envie o consolo de seu Santo Espírito aos corações dos familiares, amigos e aos cidadãos colinenses que, certamente, sentem a partida repentina de Evaldo Borges Resende. A todos, os meus sentimentos e orações?, Wanderlei Barbosa - Governador do Estado do Tocantins.

Nota de pesar Marcelo Miranda

Com muita tristeza recebemos a notícia do falecimento do Dr. Ewaldo Borges Rezende,  ocorrido no sábado 25.

Dr. Ewaldo Borges era médico, trabalhou no Hospital Geral de Palmas, foi prefeito em Colinas do Tocantins. Emedebista,  homem, simples, íntegro e humano. Deixa a esposa Adriana,  os quatro filhos, Vinicius,  Luciana,  André  e Ewaldo Junior. 

Em nome de todos os executivos do MDB do Tocantins, deixo aqui minha solidariedade aos familiares e amigos. Que Deus o receba na sua infinita bondade. Descanse em paz Dr. Ewaldo, Marcelo Miranda - Presidente MDB.

Nota de Pesar: ATM lamenta profundamente falecimento do ex-presidente, Ewaldo Borges, ex-prefeito de Colinas do Tocantins

Lamentavelmente, a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), por meio do presidente Diogo Borges, prefeitos e prefeitas, externa seu mais profundo pesar pelo falecimento do ex-presidente da entidade, Ewaldo Borges, que presidiu a ATM e geriu o município de Colinas do Tocantins de 1993 a 1996. Ele foi vítima de um naufrágio de barco no Rio Araguaia.

Médico renomado no Tocantins, Ewaldo era sereno e tinha uma tranquilidade com as palavras e, com isso, promoveu a pacificação política da entidade, dividida na época, além de lutar pela descentralização de recursos na área da Educação e Saúde.

Ainda, lutou contra a criação crescente de municípios que ocorria à época e, também, por uma maior regulamentação sobre esse assunto junto ao Congresso Nacional.

Ewaldo foi também um dos atores responsáveis por alicerçar o serviço hoteleiro da ATM e favorecer a logística dos gestores municipais numa Palmas ainda embrionária. Em sua gestão, os encontros municipalistas começaram a se tornar mais frequente nos espaços da entidade.

Ewaldo deixa esposa e quatros filhos.

Ficam nossas sinceras condolências aos amigos e familiares, em nossas orações pedindo à Deus que console à todos.

Diogo Borges

Presidente

Deputado Eduardo Siqueira Campos

É com muito pesar e profunda tristeza,que escrevo essas palavras para registrar as minhas condolências à família a Dona Adriana, aos filhos e demais parentes e a saudade que fica com a partida do amigo Dr Ewaldo Borges. Ficam também as nossas melhores lembranças e a gratidão pelos bons tempos vividos. Eu conheço a dor da perda e só posso pedir a Deus que conforte a todos da família. Descanse paz amigo Ewaldo, você partiu deixando sua marca de amar a família, servir ao próximo com a sua medicina e na sua passagem pela prefeitura. Descansou  em uma pescaria, uma das suas paixões. Que Deus o acolha e console a família. 

Eduardo Siqueira Campos.