Editorial: Por onde anda os ex-mandatários e personalidades de Colinas?

Nesta abordagem você saberá como está a nova realidade das personalidades politicas de Colinas e de quem passou por aqui

Da Redação

A política é um grande jogo de xadrez, que por horas usa-se a lógica, o tempo e a estratégica para alcançar o grande objetivo que é a vitória. No entanto quando se perde tem que voltar ao início, ver o que acertou e o que errou. O jogo político não é diferente de um jogo de xadrez, vários desses jogadores ficaram sem seu poder de xeque-mate e de decisão, perdendo para outros jogadores, e voltando ao início, á suas origens antes de entra no jogo.

Nesta abordagem você leitor, saberá como está a nova realidade dos políticos que perderam seus mandatos nas últimas eleições e também por onde andas personalidades que fazem parte do atual cenário político:

Adriano Rabelo (MDB): Ex-prefeito de Colinas do Tocantins neste último mandato, retornou a sua atividade que é de pecuarista e deve disputar a eleição em 2022 ao cargo de deputado estadual.

Raimundinha Almeida (PSD): Ex-vereadora, disputou ao cargo de prefeita ficando em 3º lugar na disputa. Ela é professora aposentada e deve se dedicar ao mandato de sua filha, Rosinara Almeida e também dedicar-se a família.

Gilmar Carneiro (Podemos): Depois de dispensar apoio político nestas últimas eleições, amargou apenas míseros 4º lugar na votação. Ele não tinha mandato eletivo e deve continuar sua vida profissional como pecuarista.

Aurelino Pires (Podemos): Detinha do mandato de vice-prefeito entre 2017 e 2020 e não disputou as eleições em 2020. Ele atualmente é empresário e advogado e deve dar continuidade aos seus negócios.

Marceli Rodrigues (PT): Foi vereador por vários mandatos e chegou a disputar ao cargo de vice-prefeito nestas últimas eleições não obtendo êxito. Deve retornar à sala de aula ao qual é professor de carreira. Futuro político é uma incógnita.

Junior Pacheco (Cidadania): Vereador por dois mandatos, chegou a disputar mais uma vez agora no posto de presidente do legislativo municipal conquistando míseros 81 votos. Ele é empresário e deve conduzir os seus negócios como caminhoneiro.

Esdras Ramos (PSDB): Vereador por dois mandatos, não disputou estas últimas eleições. Bastante polêmico na Câmara. Ele é farmacêutico e atualmente e empresário. Ramos assumiu função como diretor do Hospital Municipal.

Ivanilson Maranhão (Avante): Vereador por um único mandato, perdeu as eleições em outubro e novembro do ano passado. Ele deve retornar aos seus negócios em aviamentos.

Roni Farias (PTB): Vereador por dois mandatos, não disputou estas eleições. Ele atualmente é advogado e empresário no ramo de assessoria de crédito.

Amália Santana: Deputada por 3 mandatos consecutivos Amália Santana, sendo eleita majoritária na cidade de Colinas do Tocantins, cidade em que a presenteou por grandes vitorias políticas. Atualmente sumiu do cenário político, não aparecendo tampouco na posse do seu companheiro, Leandro Coutinho que está à frente do poder legislativo atualmente.

Luana Ribeiro (PSDB): Sempre eleita com os votos colinenses, Luana Ribeiro teria muito pouco empenhando recursos para o município. Na última eleição ela chegou a pedir votos em palanque para ex-prefeito, Adriano Rabelo do MDB. Ela veio a cidade parabenizar o novo prefeito da cidade mesmo não tendo o apoiado, Kasarin (PSL). O que resta é aguardar as benesses.

Eduardo do Dertins (Cidadania): Também eleito com pouco mais de 2mil votos em Colinas do Tocantins, vem sendo reciproco e deve abrir escritório político na cidade. Além de emendas que vem sendo empenhadas e pagas para Colinas. Dertins contribuiu e muito para a saúde da cidade.