Estado do Tocantins por ser atingido por grande nuvem de poeira, alerta Climatempo

A probabilidade de tempestades com ventos de até 90 quilômetros por hora

Da Redação

Tempestades de poeira foram registradas nos últimos dias em estados do Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Maranhão. Nos próximos dias, o fenômeno pode se estender para locais como o Tocantins e a Bahia, o alerta foi divulgado pela empresa Climatempo.

Conforme a empresa que monitora o clima, esses lugares têm um importante fator em comum, o solo seco, devido a uma estiagem prolongada, e a probabilidade de tempestades com ventos de até 90 quilômetros por hora. O interior de São Paulo, que presenciou o fenômeno nos últimos dias, deve ser poupado, a chegada das chuvas na região está assentando a poeira.

Conhecido por pesquisadores por “haboob”, o fenômeno, é considerado mais comum em áreas de savana na África do que no restante do mundo, ocorre quando fortes rajadas que antecedem as chuvas entram em contato com o solo. Quando a terra está muito seca, os ventos levantam parte da camada da superfície. A poeira pode chegar até o nível das nuvens, formando uma espécie de paredão que se encontra com a tempestade.

No último final de semana, três pessoas morreram no interior de São Paulo em função do fenômeno. Em Santo Antônio de Aracanguá, funcionários de uma propriedade rural tentavam combater uma queimada quando uma forte ventania levantou um paredão de poeira, fumaça e fogo. Dois trabalhadores da fazenda e um dos donos do local acabaram não resistindo. Houve relatos de vítimas de ferimentos causados pelas tempestades de poeira em cidades como Presidente Prudente, Oswaldo Cruz e Dracena.