FAB libera destroços de avião que caiu com jogadores do Palmas Futebol e Regatas

Apesar da liberação, ainda não foi divulgado nada sobre quais fatores podem ter contribuído para a queda

Da Redação

A Força Aérea Brasileira informou a imprensa que liberou os destroços do avião que caiu em janeiro deste ano em Porto Nacional logo após a decolagem. Os restos da aeronave estavam retidos porque o Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer) ainda está apurando as causas da tragédia. 

O acidente causou a época a morte de seis pessoas: o piloto, quatro jogadores do Palmas Futebol e Regatas e também o presidente do clube.

Apesar da liberação, ainda não foi divulgado nenhum relatório sobre quais fatores podem ter contribuído para a queda do avião. Aeronáutica destacou que a liberação indica apenas que a fase de coleta de dados foi encerrada. Após este momento, inicia-se a fase de análise do material e/ou documentos coletados.