Funcionário público de Pequizeiro é detido por distribuir cestas básicas durante campanha

O delegado de Polícia Civil responsável pelo caso, Roberto Assis de Oliveira, salientou que há uma investigação conduzida

Da Redação

Um gestor público da Prefeitura de Pequizeiro, foi conduzido à delegacia de Polícia Civil, para prestar esclarecimentos sobre distribuição de cestas básicas para fins políticos. O homem se apresentou na manhã desta quarta-feira (11).

De acordo com a Polícia Civil do Tocantins, o homem deve pagar uma fiança de R$ 1 mil e irá responder em liberdade. A camionete, na qual foram encontradas 40 cestas básicas, foi liberada. Testemunhas sobre o caso foram ouvidas, pela polícia para colher mais informações sobre o ocorrido.

O delegado de Polícia Civil responsável pelo caso, Roberto Assis de Oliveira, salientou que há uma investigação conduzida pela Polícia Federal sobre possíveis compras de votos e distribuição de cestas básicas no município de Pequizeiro.