Arquitetura & Urbanismo

Já ouviram falar em CAMA JAPONESA?

Sabe a expressão "menos é mais"? Isso tem se tornado base para várias novas tendências decorativas.

Foto: Divulgação
  • Willyane Fernandes
  • 25 de fevereiro de 2019

Como o próprio nome já diz. É um estilo de cama muito usada nos países orientais, a qual, se mistura tradição, cultura, funcionalidade e simplicidade. É muito mais do que uma forma diferente de se ter uma cama, ela remete ao modo de vida que busca equilíbrio entre os elementos naturais e espirituais. Isso acaba interferindo na qualidade do sono, deixando-o mais revigorante.

Sabe a expressão “menos é mais”? Isso tem se tornado base para várias novas tendências decorativas. E a cama mais próxima ao chão é uma delas!

No Japão, acredita-se que dormir próximo ao chão garante que a terra absorva e renove as energias para um sono mais tranquilo. Claro que o estilo foi se modernizando com o tempo, tornando-se mais confortáveis e esteticamente mais bonitas, mas a ideia inicial incluía apenas um colchão, um edredom recheado com penas de ganso e uma almofada cheia de grãos de feijão verde ou trigo negro.

Suas vantagens:

  • Além de ser possível aumentar a sensação de espaço do quarto com ela, é um modelo fácil de manusear e adequado para qualquer estilo de quarto;
  • O tablado pode ser adaptado como prateleira ou, ainda, receber gavetas que ajudam a otimizar a organização de objetos (como sapatos e roupas de cama) no quarto;
  • É uma opção mais econômica e fácil de manter que os modelos tradicionais.
  • Para os japoneses, o design mais reto e a altura baixa da cama ajudam a melhorar a circulação sanguínea, a manter uma postura correta e ainda promovem um maior relaxamento muscular. Mas, nesse caso, tem que ser o modelo tradicional japonês, incluindo o tipo de colchão, que é mais durinho.

Suas desvantagens:

  • Se o tablado for completo (sem espaço entre os estrados), haverá menos ventilação para o colchão que nos modelos tradicionais e os cuidados com a higiene devem ser redobrados;
  • É um estilo de cama mais difícil para limpeza;
  • Dependendo do colchão, pode não ser a opção mais confortável.

A cama japonesa tem um design simples que inspira elegância e modernidade, mesmo oriunda de uma tradição milenar. É a peça de mobília perfeita para quem busca um quarto mais clean e serena; seja ele inspirado nas suas origens orientais ou repaginado com aspectos contemporâneos.

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/Bk

Deixe seu comentário: