Justiça

Justiça proíbe Pastor Nelcivan de fazer comentários sobre Carlesse

Após o episódio do primeiro vídeo, Nelcivan continuou a utilizar as redes sociais para cobrar ações do governo.

Foto: Divulgação
  • Ricardo Almeida
  • Da Redação
  • 11 de abril de 2019 (Atualizada em 12/04/2019 11:28:31)

Em caráter liminar o juiz da 6ª Vara Cível de Palmas, Edimar de Paula, acatou o pedido do governador Mauro Carlesse e determinou a exclusão de todos os comentários feitos pelo Pastor Nelcivan, nas redes sociais. O pastor é tornou-se conhecido por postar vídeos cobrando as ações do governo.

Conforme a liminar determinada pelo Juiz recomenda que o Pastor se abstenha de continuar a fazer novos comentários em qualquer espécie de rede social ou veiculo de comunicação sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 chegando até o teto de 30 dias multa.

Ainda no mês de fevereiro, Pastor Nelcivan postou o primeiro vídeo onde comentava que policiais militares foram até sua casa informar-lhe que seria aberto um processo disciplinar para que ele fosse excluído da corporação. Após a visita Nelcivan publicou o vídeo falando que estava sendo perseguido por estar mostrando os bandidos do Tocantins.

Após o episódio do primeiro vídeo, Nelcivan continuou a utilizar as redes sociais para cobrar ações do governo para com a população.

O Diário Tocantinense abre espaço para que os envolvidos comentem o assunto.

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/Fr

Deixe seu comentário: