Presidente destaca importância de eleições democráticas na Venezuela e fortalece laços bilaterais com Luis Arce

Redação I Thiago Alonso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou a Santa Cruz de la Sierra na noite desta segunda-feira (8) para uma visita oficial à Bolívia, enfatizando o compromisso do Brasil em fortalecer os laços com seu país vizinho. Lula expressou apoio ao ingresso da Bolívia no Mercosul e destacou a importância de uma cooperação econômica mais robusta, incluindo a transferência de tecnologia e a venda de equipamentos agrícolas a preços competitivos.

Durante o encontro bilateral realizado hoje (9) com o presidente boliviano Luis Arce, Lula abordou não apenas questões econômicas, mas também a necessidade de estabilidade política na região. Ele reiterou o apoio brasileiro ao processo eleitoral democrático na Venezuela, destacando a importância da normalização da vida política para a estabilidade em toda a América do Sul.

Além dos temas econômicos e políticos, foram discutidos acordos nas áreas de gás natural, energia, infraestrutura, saúde e segurança. Lula enfatizou a importância de projetos conjuntos, como a exploração de recursos naturais de forma sustentável e a construção de infraestrutura compartilhada, como hidrovias e hidrelétricas, que poderiam beneficiar ambos os países.

A visita de Lula à Bolívia ocorre em um momento crucial, com o país enfrentando desafios econômicos significativos. O presidente brasileiro também condenou recentemente a tentativa de golpe militar na Bolívia, reafirmando o compromisso com a democracia e a participação da sociedade civil como fundamentais para resolver os desafios enfrentados pela região.

Após as discussões bilaterais, Lula e Arce participaram de uma cerimônia de assinatura de acordos e se encontraram com empresários locais, reforçando os laços comerciais entre Brasil e Bolívia. A visita de Lula é vista como um passo importante para fortalecer a cooperação regional e promover o desenvolvimento mútuo em um momento de transição econômica e energética na América do Sul.

Fala Comunidade

@diariotocantinense
@diariotocantinense2
@dtocantinense2
@diariotocantinense
Comercial
Redação
Grupo no Whatspp