Marcelo Lélis volta ao cenário da disputa pela prefeitura, fala em "projeto político sem amarras" e chapa pura nas proporcionais

Marcelo ressaltou que, até o momento, não há adversários e ninguém que possa afirmar ser oposição nas eleições

Da Redação

Após decisão da Justiça, que considerou abuso de poder econômico e captação ilícita nas eleições municipais de Palmas em 2012 e o deixou inelegível por oito anos, o ex-deputado estadual Marcelo Lélis (PV) deve voltar ao cenário da disputa pela prefeitura da Capital neste ano. Ao Diário Tocantinense, Marcelo disse que está discutindo e avaliando todo o panorama político para as eleições e adiantou que o partido terá chapa pura nas proporcionais.

Ao DT, Marcelo disse que tem interesse em um projeto “completamente fora dos moldes tradicionais, leve e sem amarras”. “Sem acordos de divisão de espaços de poder na prefeitura, um projeto em que realmente possa ser feito um bom trabalho se, por ventura, eu for vitorioso”, frisou.

Ele ainda acrescentou: “O meu amor, a minha paixão por Palmas é algo que não tenho como negar. Sou completamente apaixonado por Palmas e gostaria muito de ter uma oportunidade de mostrar o meu trabalho à frente da prefeitura”, afirmou.

Marcelo ressaltou que, até o momento, não há adversários e ninguém que possa afirmar ser oposição. Ele afirmou que o PV seguirá a tradição de, desde 2008, disputar a Prefeitura de Palmas. “Há um sentimento no partido de que essa tradição seja mantida”, disse.

Segundo Marcelo, a sua esposa, deputada estadual Cláudia Lélis estará fora da disputa. “A Claudia não será candidata à prefeita. Ela cuidará das suas bases no interior do Estado. Se o PV for disputar a prefeitura, será com o meu nome. Estou fazendo essa análise, essa avaliação para tomar a decisão”, ressaltou.

“Chapa pura”

Com o fim das coligações proporcionais, Marcelo Lélis disse que o PV está se preparando para uma chapa pura de candidatos ao cargo de vereador. “Estamos com uma chapa pura de vereadores muito bem montada, organizada, uma chapa forte”, finalizou.