MDB do Senado pressiona Eduardo Gomes e Fernando Bezerra a deixarem a liderança do Governo

A assessoria de imprensa do MDB, informou que só poderia comentar assuntos inerentes a Câmara dos Deputados

Da Redação

Após os atos antidemocráticos do Governo Federal, líderes partidários do chamado ‘Centrão’, estudam um desembarque da base de apoio de Bolsonaro. Uma das legendas que já se mobiliza e o MDB, que pressiona os senadores Eduardo Gomes e Fernando Bezerra a entregarem os seus cargos ao Planalto. 

Conforme apurado pelo Blog DT, o senador Veneziano Vital do Rêgo atual vice-presidente do Senado e membro do MDB no Senado Federal, afirmou que o partido precisa tomar uma posição em relação a presença do partido à frente de lideranças deste governo na esplanada dos Ministérios. 

Procurado ontem, 07, a assessoria de imprensa do MDB, informou que só poderia comentar assuntos inerentes a Câmara dos Deputados.