Motorista de transporte escolar é preso por estuprar sobrinha de 10 anos em Piraquê

Após alguns dias foragido, o indivíduo, acompanhado por um advogado, se apresentou na 5ª CAPC

Da redação

Na manhã desta quinta-feira, 23, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) deu cumprimento a mandado de prisão preventiva, em desfavor de um homem de 29 anos, o qual é o principal suspeito de ter estuprado uma criança de 10 anos, fato ocorrido na cidade de Piraquê, no último dia 6.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Alexander Pereira da Costa, o homem era companheiro da tia da criança e cometeu o crime logo após uma confraternização familiar, onde teve a oportunidade de ficar a sós com a vítima. “O suspeito teria se aproveitado do fato de ter conseguido ficar sozinho com a vítima para praticar o crime”, disse o delegado. 

Um inquérito foi aberto contra o suspeito, mas ao saber que estava sendo investigado acabou fugindo da cidade. Segundo a autoridade policial, o suspeito trabalhava como motorista de ônibus escolar de crianças e adolescentes no município. 

“Ao saber que estava sendo investigado, o homem se evadiu da cidade e passou alguns dias foragido na mata, o que gerou ainda mais comoção da pequena cidade de Piraquê, uma vez que o homem também trabalhava ocasionalmente com transporte escolar de crianças e adolescentes, fato que causou muita preocupação aos pais dos alunos”, disse o delegado.

Após alguns dias foragido, o indivíduo, acompanhado por um advogado, se apresentou na 5ª CAPC, em Araguaína, onde foi dado cumprimento ao mandado judicial que estava em aberto. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o investigado foi recolhido à Unidade Penal de Araguaína, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.