Nova Olinda: Por falta de médicos e farmacêuticos vereador cobra esclarecimento de gestor

O vereador de oposição ao prefeito Zé Pedro cobrou através de requerimento esclarecimentos sobre o caso.

Ricardo Almeida

Falta de médicos e farmacêuticos por mais de trinta dias em postinhos, estaria deixando a população de Nova Olinda do Tocantins á 50 km de Araguaína, preocupada. Conforme moradores da cidade ouvidos pelo Diário Tocantinense a cidade estaria vivendo uma calamidade na saúde publica local. O vereador de oposição ao prefeito Zé Pedro cobrou através de requerimento esclarecimentos sobre o caso.

“Não estamos tendo médicos nos postinhos e tampouco farmacêuticos, o que estamos vivendo e uma calamidade pública, a prefeitura nós esqueceu, não sabemos o que fazer e não temos pra onde correr”, disse um morador que preferiu não se identificar á reportagem do Diário Tocantinense.

O requerimento do vereador convoca o secretário Municipal de Saúde, Jair Pereira para prestar esclarecimentos sobre a falta de médicos e farmacêuticos na cidade.  A falta dos profissionais estaria deixando os moradores desassistidos e com isto preocupado.

Confira abaixo o requerimento do vereador.

O Diário Tocantinense tentou por diversas vezes ouvir o gestor, mas a ligações não foram atendidas, no entanto o espaço continua aberto para que o gestor possa comentar o assunto.