Notícias

OAB/TO ouve secretário da Administração do Estado sobre denúncias de irregularidades do Plansaúde

O secretário negou que haja fraudes e apresentou o funcionamento administrativo e orçamentário do plano e despesas.

Foto: Divulgação
  • Da Redação
  • 11 de setembro de 2019 (Atualizada em 11/09/2019 10:28:34)

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Tocantins reuniu sua diretoria, conselheiros e membros da instituição, na manhã desta terça-feira, 10, para ouvir os esclarecimentos do Secretário da Administração do Estado, Edson Cabral, a respeito de supostas irregularidades em contratos do Plansaúde.

O secretário negou que haja fraudes e apresentou o funcionamento administrativo e orçamentário do plano, as despesas e investimentos que foram realizados nos últimos meses e solicitou bom senso e responsabilidade da sociedade ao questionar os gestores sem a plenitude das informações.

Também disse que está “à disposição da Seccional para esclarecimentos relacionados ao funcionamento do Plansaúde", disse Cabral.

O presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga, explicou que as declarações feitas pelo secretário serão apresentadas pelo Conselheiro Relator Murilo Mourão durante a reunião do Conselho da Ordem, que acontecerá na próxima sexta-feira, para que o plenário da OABTO delibere sobre o caso.

 

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/OE

Deixe seu comentário: