Plantão Policial

Operação da PF em Palmas mira comercialização de dinheiro falso em redes sociais

Estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão e uma prisão preventiva. Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal da capital.

Foto: Reprodução
  • Da Redação
  • 10 de setembro de 2019 (Atualizada em 10/09/2019 09:47:55)

Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (10), uma operação para combater a comercialização de dinheiro falso pelas redes sociais. Estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão e uma prisão preventiva em Palmas. A ação foi chamada de Monster.

Conforme a PF, a investigação teve início após prisões em flagrante de pessoas envolvidas com repasse de moeda falsa na capital em setembro de 2018. O grupo criminoso comercializava as cédulas falsas em grupos de Whatsapps e no Facebook.

Ainda segundo a PF, as cédulas do dinheiro falso eram oferecidas nos grupos. Depois que os interessados enviavam o comprovante de pagamento os criminosos enviavam as cédulas pelos Correios.

Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas. Aproximadamente 15 policiais federais participando da operação.

A PF informou também que os investigados devem responder pelo crime de circulação de moeda falsa, cuja pena pode chegar a doze anos de reclusão. O nome da operação faz alusão ao codinome utilizado por um dos integrantes da quadrilha em redes sociais. 

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/Oy

Deixe seu comentário: