Preço do gás de cozinha no Tocantins é apontando como um dos maiores na média nacional

O preço médio mais alto até a última semana de abril, era encontrado em Tocantinópolis

Da redação

O valor médio de venda do GLP (gás liquefeito de petróleo) da Petrobras, popularmente conhecido como gás de cozinha, já passa dos R$140 reais. De acordo com o Procon Tocantins, o último levantamento (26/04) aponta que o valor do gás de cozinha encontrado em alguns municípios equivale a mais de 10% do salário mínimo. 

Segundo a pesquisa, entre os municípios, o preço médio mais alto até a última semana de abril, era encontrado em Tocantinópolis (R$ 140). Em Palmas a média é de R$ 135; em Gurupi, R$ 130 e em Colinas a média fica em R$ 125.  

O alto valor está ligado à crise na Ucrânia, os valores refletem parte da elevação dos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente à demanda mundial por energia. 

O preço no Tocantins é apontado como um dos maiores na média nacional. De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, o produto mais caro foi encontrado em Santa Catarina a R$ 160. O produto mais barato é vendido na Bahia e no Rio de Janeiro, comercializado a R$ 88. A média nacional ficou em R$ 113.

“Infelizmente, a gente sabe que a dificuldade está longe de acabar. Hoje você compra um bujão de gás, que está R$ 140,00 no meu bairro, e aí compra uma cesta básica numa família que tem 6 pessoas, o salário não cobre tudo e a gente tem que se virar por fora. Recebe doação aqui, ali e assim vai”, Ivanilde, chefe do lar.