Preso no Ceará fugitivo da CPP de Araguaína condenado por roubo a bancos no início dos anos 2000

Com 60 anos atualmente, Zé do Colinão estava foragido em uma cidade do Ceará que não foi divulgada pela polícia.

Da Redação

Foi preso no estado do Ceará nessa segunda-feira, 25, um fugitivo da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) há quase uma década. José Marcelino Coelho – conhecido como Zé do Colinão – foi condenado a 27 anos de cadeia por assalto a bancos praticados no Tocantins entre o final dos anos 1990 e início dos anos 2000.

Com 60 anos atualmente, Zé do Colinão estava foragido em uma cidade do Ceará que não foi divulgada pela polícia. Ele usava documentos falsos, com nome e idade adulterados. Ele teria sido preso pela Polícia Militar do Distrito Federal.

Crimes

Conhecido no mundo do crime, Zé do Colinão comandava um bando especializado em assaltos a bancos. No dia 15 de janeiro de 2001 seu grupo foi responsável por um assalto ao Banco do Brasil de Colinas no qual foram levados R$ 124,5 mil em dinheiro.

Durante a fuga houve troca de tiros com a polícia. Os disparos causaram a morte de um soldado da Polícia Militar, crime pelo qual Colinão foi condenado há 27 anos de cadeia.
Da pena, ele só cumpriu 8 anos, passando por Palmas, Axixá e Araguaína, de onde fugiu.

Zé do Colinão deverá ser recambiado para o Tocantins, mas ainda não há informações sobre sua transferências.

O Diário Tocantinense abre espaço para a defesa do acusado comentar o assunto.