Principal cartão postal de Colinas sofre com mortandade de peixes

Usuários do circuito que fica em volta do lago da cidade, reclamaram ao DT, do mau cheiro que está no local.

Ricardo Almeida

Vista como cartão postal da cidade de Colinas do Tocantins, a “represa” como é conhecida na cidade, passo por problema de mortandade dos peixes que vivem lá e que ocasionou mau cheiro. Segundo o Naturatins a causa da morte seria a falta de oxigênio na água.

Usuários do circuito que fica em volta do lago da cidade, reclamaram ao Diário Tocantinense, do mau cheiro que está no local devido a morte de peixes que de acordo o Naturatins estariam morrendo por falta de oxigênio na água bem como o grande volume de matéria orgânica.

Para o Supervisor Regional do Naturatins, Givaldo Figueira Júnior, o problema que está acontecendo com a mortandade dos peixes seria a falta de oxigênio na água, “O que pode ter ocasionado isso, pode ser a causa natural devido ao grande volume de matéria orgânica que ao se decompor ela rouba oxigênio dos peixes, nós fomos lá e observamos a olho nú, não nenhum tipo de poluição externa que poderia causar este tipo dano ao ambiente aquático”, disse.

“Á água esta turva, levando em consideração o ambiente lá, e no ano de 2015, fizemos uma analise e não foi diagnosticado nenhum tipo de poluição”, declarou Givaldo ao DT.

Segundo o órgão de natureza cabe à prefeitura fazer uma varredura do local para retirada dos peixes mortos que estão causando mau cheiro na localidade.

Sobre possível prejuízo causado aos usuários do local o órgão alerta para que as pessoas evitem entrar no lago e até mesmo utilizar os peixes como alimento.