Programa de Microcrédito ao Capim Dourado é autorizado; Projeto é de autoria de Eduardo Gomes

A nova lei tem como proposito apoiar e financiar a produção e comercialização por meio da disponibilização de recursos

Da Redação

O senador Eduardo Gomes (MDB) apresentou recentemente emenda à proposta de instituição do Programa de Microcrédito ao Artesanato de Capim Dourado (Pró- Capim Dourado), que concede aos pequenos empresários de baixa renda contrair empréstimo. O objetivo é permitir que parte do valor dessas operações seja direcionado para empréstimos pessoais.

A nova lei tem como proposito apoiar e financiar a produção e comercialização por meio da disponibilização de recursos para o microcrédito produtivo orientado (PNMPO), pelas instituições bancárias autorizadas. O projeto condiciona o acesso ao programa do artesão cadastrado no Sistema de Informações do Artesanato Brasileiro.

Com a alteração da lei, o PNMPO poderá abrir crédito para qualquer empresário dos 22 Estados o recurso para compra de insumos, equipamentos ou meios de transporte para a produção e comercialização do artesanato do capim dourado.