Projeto "Não suba nas ruínas" busca preservação de Igreja em Natividade

Assessoria de Comunicação

Com a frase não 'Não suba nas ruínas', pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com o Conselho Municipal de Turismo de Natividade e empresários, realizam campanha de proteção ao patrimônio, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Um dos objetivos é evitar a degradação do local, construído no século XVIII pelos escravos e importante atrativo turístico da cidade.

Muitas pessoas quando vão ao local, ainda tem o habito de subir nas ruínas, o que pode causar danos as pedras usadas na construção, segundo a superintendente substituta do Iphan no TO, Cejane Pacini."O que queremos chamar a atenção nessa campanha é para não causar esse dano ao monumento, as pessoas sobem, e essas pedras vão soltando, e com isso, ao longo dos anos, vai degradando. E para que a pessoa também não corra o risco de cair quando subir em um nicho ou alguma parte da ruína".

A igreja, fica no município de Natividade, o mais antigo de todo o Tocantins, com 286 anos. A cidade é parte do patrimônio histórico nacional, com preservação da arquitetura colonial e as ruas com pedras batidas.