Colinas

Secretário recebe camionete para Vigilância Sanitária

O objetivo é oferecer ferramentas para que o município tenha condições de garantir qualidade de vida à população.

Foto: Marcelo Takkahashi
  • Assessoria de Comunicação
  • 17 de julho de 2018

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, entregou para o secretário de Saúde de Colinas do Tocantins, Francisco Barros Neto, nesta sexta-feira, 13, às 11 horas, uma camionete para ações de combate a endemias.

O objetivo é oferecer ferramentas para que o município tenha condições de garantir qualidade de vida à população por meio da prevenção e combate efetivo à vetores, como o Aedes Aegypti, transmissores de vírus causadores de doenças endêmicas.

A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. No Brasil, foi identificada pela primeira vez em 1986. Estima-se que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente no mundo.

Como a dengue pode ser transmitida?

A principal forma de transmissão é pela picada dos mosquitos Aedes aegypti. Há registros de transmissão vertical (gestante – bebê) e por transfusão de sangue, mas estes casos são muito raros. Existem quatro tipos diferentes de vírus do dengue: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4.

Quais são os sintomas da dengue?

A infecção por dengue pode ser assintomática, leve ou causar doença grave, levando à morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. A presença de febre + dois destes sintomas já é considerada com suspeita de Dengue e deve procurar atendimento.

Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Na fase febril inicial da doença pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, sangramento de mucosas, entre outros sintomas.

Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde mais próximo da sua casa. (Da Ascom/Colinas)

Deixe seu comentário: