Três candidaturas são registradas para a eleição suplementar em Pugmil

O prazo para apresentação de impugnações das candidaturas é de cinco dias após a publicação do edital

Da Redação

Segundo o Tribunal Regional do Estado do Tocantins (TRE), três candidatos solicitaram o registro concorrerem à eleição suplementar do município de Pugmil: Dircinei Francisco Bolina (PSDB), Nazaré Amâncio de Souza (Cidadania) e Valmor Hagestedt (PSB). A votação será no dia 2 de fevereiro e a diplomação no dia 14 de fevereiro.

A eleição suplementar acontece após o julgamento de uma Reclamação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em novembro deste ano, mantendo a decisão do TRE-TO que cassa os diplomas de Maria de Jesus Ribeiro da Silva Mendes e Elton Barros Coelho, eleitos em 2016, em decorrência de captação e gastos ilícitos de recursos e abuso de poder econômico na campanha.

Conforme o calendário eleitoral, o prazo para apresentação de impugnações das candidaturas é de cinco dias após a publicação do edital, conforme Lei nº 4.737/65, art. 97 e Lei Complementar nº 64/90, art. 3º. Já os pedidos de registro de candidaturas deverão ser julgados até o dia 26 de janeiro. (Com informações da assessoria de imprensa do TRE-TO)