Tribunal de Justiça suspende ação que condenava Júnior Leite

A concessão foi do desembargador Ronaldo Eurípedes, que entendeu ser possível a suspensão temporária da condenação, depois de parecer técnico da SETAS

da redação

Wilmar Martins Leite Júnior (MDB), conhecido em Xambioá (TO), como Júnior Leite comemora decisão do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ/TO), que através de liminar determinou a suspensão de uma ação, por improbidade administrativa.

A concessão foi do desembargador Ronaldo Eurípedes, que entendeu ser possível a suspensão temporária da condenação, visto que, a sentença transitou em julgado em setembro do ano passado. A Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social do Tocantins (Setas), teria emitido um parecer técnico em janeiro deste ano, declarando a aplicação dos recursos em programa.

“Agora vou poder concorrer às eleições, não tem nada que me impeça. Já lutava por isso anteriormente apresentei provas de prestação de contas. A Justiça foi feita e reconheceu a prestação de contas  feita e aprovada pela SETAS sobre um convênio firmado em 2004 , sendo assim, não há por que eu continuar com a condenação. Fico muito feliz e o povo de Xambioá maos ainda, por ter meu nome a disposição na disputa nas eleições de 2020", disse. 

Júnior Leite teria em período eleitoral feito convênio com a SETAS, em um valor de R$ 1.900,00 mil, que segundo ele, foi aplicado e em seguida feito ação rescisória.