Wanderlei Barbosa doa cestas básicas com dinheiro de emenda do deputado Léo Babosa e reage: "oposição está incomodada", diz

Dinheiro foi liquidado pelo Fundo Social da Solidariedade, que é vinculado à Secretaria do Trabalho e Assistência Social

Da Redação

Recentemente o deputado estadual Léo Barbosa (SD) empenhou R$ 300 mil de emenda para a Associação Nacional de Desenvolvimento Humanitária (ASNDEH) a fim de atender o projeto Cidadania em Ação e promover o combate à fome às famílias em situação de vulnerabilidade social.

O dinheiro foi liquidado pelo Fundo Social da Solidariedade, que é vinculado à Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas). Conforme divulgado pelo jornalista Lailton Costa, em sua coluna no Jornal do Tocantins, o valor daria para comprar 3.750 cestas, no valor de R$ 80 reais.

Dois dias após a emenda ser liquidada, o vice-governador Wanderdei Barbosa (PHS) publicou em sua conta do Instagram a doação de cestas básicas nas cidades de Palmas, Aparecida do Rio Negro e Novo Acordo. Conforme imagens divulgadas pelo Instagram “Palmasmilgrau”, o irmão de Wanderlei e presidente da Câmara Municipal de Palmas, Marilon Barbosa, também participou das doações.

Ao Diário Tocantinense, Wanderlei disse que a doação é legal. “É uma ação de governo. Neste ano não fizemos somente doações de cestas básicas. Entregamos armamentos para a Polícia Militar, viaturas, ambulâncias, uniformes para estudantes, instrumentos musicais”, disse.

Segundo Wanderlei, “a oposição está incomodada com o trabalho”. “É coisa da oposição. Inclusive, quando postei [no seu perfil no Instagram], disse que seria entregue em todos os municípios tocantinenses, da mesma forma com que fazemos a entrega de qualquer outro bem. Depende da forma que será interpretada”, afirmou.