Plantão Policial

2ª Fase da Operação Cronos cumpre 27 mandados de prisão no Estado

Foram tirados de circulação suspeitos de crimes que vão desde o tráfico de drogas até estupro de vulnerável e homicídio.

Foto: Divulgação
  • Da Redação
  • 29 de maio de 2019 (Atualizada em 29/05/2019 12:58:41)

Em uma nova etapa da Operação Cronos, deflagrada na manhã desta terça-feira, 28, em todo o território nacional, a Polícia Civil do Tocantins cumpriu, em todo o Estado, 27 mandados judiciais, sendo  21 de prisão e seis de busca e apreensão. Foram tirados de circulação suspeitos de crimes que vão desde o tráfico de drogas até estupro de vulnerável e homicídio.

Em uma das prisões, ocorrida em Formoso do Araguaia, a Polícia Civil cumpriu mandados de prisão em desfavor de C.S.T., 42 anos, por um homicídio, ocorrido em 1999, no município de Peixe; assim como por tentativa de feminicídio, acontecido no ano passado.  A equipe de policiais civis chegou até o suspeito através de uma denúncia anônima.

Já em Porto Nacional, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e a apreensão de um menor infrator. Todos os presos foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória (CPP) de Porto Nacional. O menor foi apresentado ao Ministério Público Estadual.

Para o delegado Diogo Fonseca da Silveira, titular da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC), de Porto Nacional, a operação foi positiva, permitindo cumprir um bom número de prisões. “Isso influencia diretamente no controle de criminalidade na região, já que tira de circulação algumas pessoas que cometeram crimes diversos e poderiam reiterar as condutas”, ressaltou.

Operação Cronos - 1ª Fase

A Operação é resultado de uma ação integrada do Ministério da Segurança Pública com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia e visa combater os crimes de homicídio e feminicídio. Em etapa anterior da Operação, a Polícia Civil do Tocantins retirou de circulação, no Estado, 77 pessoas, sendo cumpridos 46 mandados de prisão, 28 prisões em flagrante e três mandados de internação de adolescentes, além de apreensões de armas de fogo, veículos e entorpecentes.

 

 

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/HG

Deixe seu comentário: