Brasil

Amazônia Legal: Tocantins participa de reunião com Jair Bolsonaro e embaixadores de países em crise; objetivo e promoção do desenvolvimento

O objetivo das reuniões é apresentar o Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, suas potencialidades e a carteira.

Foto: Divulgação
  • Da Redação
  • 13 de setembro de 2019 (Atualizada em 13/09/2019 13:03:57)

O vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, juntamente com o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal, participam nesta sexta-feira, 13, em Brasília-DF, da Agenda dos governadores dos estados membros do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal com os embaixadores da Noruega, Alemanha, Reino Unido e França.

O evento tem início às 9 horas, com governadores dos estados da Amazônia Legal e embaixadores da Noruega, Alemanha e Reino Unido. Já às 13 horas, ocorre  o encontro com o embaixador da França.

O objetivo das reuniões é apresentar o Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, suas potencialidades e a carteira de projetos, com vistas a parceria que promovam o desenvolvimento sustentável da região amazônica e dos estados que compõem o bloco.

Conselheiro

O secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal, compõe, como representante do Tocantins, o Conselho de Administração do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

Sobre o Consórcio

O Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal visa que, juntos, os estados (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Roraima, Pará, Rondônia e Tocantins) consigam ter mais força política para discutir regulamentações e poder econômico para atrair empresas e desenvolvimento para a região.

O consórcio foi assinado no dia 30 de março de 2019, durante a realização do 17º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, em Macapá (AM), e inclui todos os nove estados da Amazônia Legal, área que engloba a bacia do rio Amazonas e a ocorrência da floresta amazônica. Além dos estados do Norte, a Amazônia Legal inclui ainda o Mato Grosso e o Maranhão.

 

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/P6

Deixe seu comentário: