Apesar da aparência de forte candidato, Dimas corre risco de ser rejeitado

Dimas também está sendo visto pelos tocantinenses como um gesto sem palavras

Da redação

Apesar de manter uma aparência de grande autoridade no Estado do Tocantins, Ronaldo Dimas movimenta o cenário político em busca de aprovação dos prefeitos do Estado, que estão reunidos esta semana em Brasília para participar das atividades da 23° Marcha em Defesa dos Municípios.

Mesmo sendo apadrinhado pelo líder do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Congresso Nacional, Eduardo Gomes, um nome de peso no estado, Dimas enfrenta fatos narrados não só por adversários, mas pelo povo, o que é mais que suficientes para que Dimas procure estreitar laços com nomes de peso como Irajá Abreu. 

Irajá Abreu? 

Em 2018, enquanto prefeito, Ronaldo Dimas declarou seu apoio à candidatura de deputado federal de Irajá Abreu (PSD), e agora que pretende concorrer ao governo espera que o senador retribua, o que ainda não está certo, já que por meio da assessoria, Irajá afirmou que “ainda é muito cedo para comentar sobre apoio”.

O pedido de apoio de Dimas a Irajá foi feito durante um evento coletivo nesta quinta-feira, 28, para comemorar o seu aniversário. “Tô esperando agora sua contribuição, quero você neste palanque junto conosco, pedindo voto”, comentou durante seu discurso se referindo a Irajá que também está na ocasião.