Banco do Brasil irá fechar agências bancárias em todo o país e demitirá funcionários

De acordo com a estatal, as mudanças devem acontecer a partir de 22/02 e serão precedidas de ampla comunicação aos clientes

Da Redação

O Banco do Brasil (BB) anunciou na última segunda-feira 11, que irá realizar um plano de reorganização administrativa com fechamento de 361 unidades de atendimento e demissão de cerca de cinco mil funcionários. 

De acordo com a estatal, a medida pretende economizar R$ 535 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025 e um dos objetivos é o redimensionamento da estrutura organizacional. As inciativas buscam também a melhoria da experiência e satisfação do cliente e consideram a transformação digital, o aumento da concorrência e o menor patamar histórico da taxa básica de juros como elementos de destaque.

O banco anunciou que as mudanças nas agências, devem acontecer a partir de 22/02 e serão precedidas de ampla comunicação aos clientes dessas agências em canais diversificados, como SMS, aplicativo para celular, Internet Banking, terminais de autoatendimento, além de correspondências, e-mail marketing e cartazes nas agências.

“A mudança de agência é automática. Os clientes não precisam fazer qualquer procedimento adicional e podem manter seus cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta’, diz nota. 

 Em resumo segundo o BB, as medidas contemplam ganhos de eficiência e otimização em 870 pontos de atendimento:

- Criação de 28 unidades de negócios, sendo 14 agências especializadas no segmento de Agronegócios e 14 Escritórios Leve Digital;
- Transformação de 145 unidades de negócio em Lojas BB;
- Encerramento de 112 agências, 242 Postos de Atendimento (PA) e 7 escritórios;
- Transformação de 243 agências em Postos de Atendimento e de 8 PAs em agências;
- Relocalização de 85 unidades de negócios para locais com compartilhamento de espaço;
- Implantação do Plano de Adequação de Quadros (PAQ), que consiste em um plano de ajuste da força de trabalho do Banco, equalizando situações de vagas e excessos nas dependências. Esses funcionários terão a possibilidade de movimentar-se, com priorização, para vagas existentes em outras unidades ou desligar-se da empresa;
- Implantação do Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), em que funcionários que atenderem aos pré-requisitos poderão manifestar interesse de se desligar da empresa, com limite de 5 mil adesões;

Tags: BB