O feriado de Carnaval costuma ser de grande movimento nas rodovias, período ideal para intensificar campanhas de comportamento e segurança.

Da Redação

O feriado de Carnaval costuma ser de grande movimento nas rodovias, período ideal para intensificar campanhas de comportamento e segurança. Com isso no radar, a EcoRodovias lança a edição 2024 de sua campanha “Assédio, pare”, que busca coibir casos de assédio sexual, moral, injúria e agressão contra operadores de praças de pedágio e na empresa como um todo. A iniciativa visa impactar tanto os assediadores quanto desenvolver a autopercepção de quem está sendo violado, concedendo o apoio necessário para a realização de denúncias.

“A campanha começou a ser elaborada diante da recorrência de relatos de casos de assédio que nosso RH e Compliance recebem, principalmente dos colaboradores das praças de pedágio. São situações de agressão e ofensas por parte de alguns motoristas e decidimos que não vamos compactuar com nenhuma forma de assédio, em nenhum dos nossos ambientes corporativos. E, mais que isso, vamos criar uma cultura de combate ao assédio e acolhimento dos colaboradores que forem vítimas”, esclarece Guilherme Braga, diretor de Gestão de Pessoas da EcoRodovias.

Com o mote “trafegue pela via do respeito!”, as peças da campanha fazem um paralelo com acidentes de trânsito e mostram personagens através de um vidro quebrado, o que sugere o quanto casos de assédio podem destruir a vida de uma pessoa. O material foca na conscientização e vem sendo aplicado nas 11 concessionárias do grupo, em locais como bases de atendimento ao usuário, cabines de pedágio, cancelas e faixas nas rodovias – em todos há a indicação do “Disque 100” como canal oficial para denúncias. A campanha também inclui uma cartilha com orientações, podcast, websérie, posts em redes sociais e mídia externa, além de diversas ações offline.

Protocolo de resposta para agressões

Além de impactar os usuários de rodovias, a empresa também busca desenvolver uma forma de proteção estruturada e treinada em casos de assédio para seus colaboradores. Este ano, a ação ganhou reforço de uma consultoria especializada na análise desse tipo de agressão. A empresa está desenvolvendo um protocolo de respostas e capacitando colaboradores e líderes para saberem como agir diante de situações de assédios realizados por usuários. Em adição, a EcoRodovias reafirma sua política de combate ao assédio e disponibiliza o Canal de Ética para que sejam feitos relatos sobre o assunto, de forma anônima ou identificada.