O sindicato do Correios do Tocantins e mais quatro estados anunciaram paralisação a partis desta quinta, 23, por tempo indeterminado.

Da Redação

Os sindicatos dos Correios do Tocantins, São Paulo, Rio de Janeiro, Bauru e Maranhão, representados pela Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (FINDECT), informaram nesta quarta-feira, 22, que aprovaram uma paralisação por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira 23 de novembro, véspera da Black Friday. 

Segundo o apurado pelo DT, a categoria tem estado descontente com a recusa da direção dos Correios em resolver 26 questões identificadas pelos trabalhadores antes da assinatura do acordo coletivo. "Ao longo dos últimos 50 dias, a FINDECT buscou diálogo, porém, a resposta da direção, liderada por Fabiano Silva, foi inadequada, negligenciando as legítimas demandas dos trabalhadores", diz a federação em nota.

Atualmente há 36 sindicatos de trabalhadores dos Correios do Brasil. A federação ainda afirma que durante a negociação do acordo coletivo parte das direções sindicais não analisaram de forma minuciosa o conteúdo e por isso assinaram com a empresa. A Federação garante que representa "40% do efetivo nacional" dos Correios e "60% do fluxo postal do país".