Morador reclama de trechos da TO-335 que está danificado com as fortes chuvas que tem caído e fluxo de caminhões

A Rodovia tem importante trecho de escoamento da produção de grãos, por causa do Pátio Multimodal da VLI Logística, que fica na região

Da Redação

As fortes chuvas que caíram nos últimos dias, tornou mais crítico trechos da TO-335, que liga Palmeirante a Colinas do Tocantins. A Rodovia tem importante trecho de escoamento da produção de grãos, por causa do Pátio Multimodal da VLI Logística, que fica na região.

O leitor, Jair Mota, que mora em Palmeirante entrou em contato com a redação, para fazer um apelo. “Eu acredito que esta rodovia é uma das mais importantes do Estado, o fluxo é grande, cerda de 1400 caminhões por dia, neste trajeto de Couto Magalhaes até o terminal. E está em uma situação caótica, queremos que nosso apelo chegue até o palácio Araguaia, até Mauro Carlesse e ele vire os olhos para a nossa região”, disse.

 Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), chegou a realizar serviços de roçagem e tapa-buracos na TO-335, no trecho entre Colinas e Couto Magalhães, em julho do ano passado. Quanto as reclamações atuais, o Diário Tocantinense (DT) já enviou nota, ao Governo do Estado e agrada retorno.