O caso aconteceu depois de uma discussão entre a autora e o dono do supermercado

Assessoria de Comunicação

A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, conseguiu prender nesta segunda-feira, 25, uma mulher de 39 anos, identificada como sendo a pessoa que ateou fogo em um supermercado na noite deste domingo, 24, em Dianópolis.

Segundo relatos, o caso aconteceu depois de uma discussão entre a autora e o dono do supermercado por conta da devolução de uma sandália. Motivo pelo qual a mulher teria retornado ao local horas depois com um galão de gasolina, incendiando as portas e a lixeira do estabelecimento.

Inicialmente, a natureza do incêndio foi incerta e a mulher chegou a ser abordada por policiais militares mas por não haver testemunhas que confirmassem a autoria dos fatos, ela foi liberada.

Os bombeiros foram acionados e após o trabalho de resfriamento do local os militares, da 6ª Companhia Independente de Bombeiros Militares, esclareceram que o incêndio tinha características de criminoso, uma vez que possuíam mais de um foco de incêndio.

Diante das evidências, as imagens de segurança do local foram recolhidas e a atuação da mulher foi confirmada.

De posse das imagens, os agentes da 14ª Central de Atendimento de Dianópolis fizeram o reconhecimento da suspeita. Em colaboração com a Polícia Militar, a mulher foi novamente localizada e presa em flagrante por incêndio.

A mulher se encontra recolhida na Delegacia de Dianópolis aguardando audiência de custódia.