Músicas regionais ganham versão clássica com o projeto Trilhas Tocantinenses; Evento começa sexta

O projeto Trilhas Tocantinenses que acontece nesta sexta-feira e sábado, 15 e 16, às 20 horas, no auditório da Sibapa

Da Redação

Canções como Passarim do Jalapão, Taquarulua e Senhor do Bonfim, já bastante conhecidas na voz do artista regional Dorivã Borges, ganharão ares de música clássica com interpretação de orquestra. É o projeto Trilhas Tocantinenses que acontece nesta sexta-feira e sábado, 15 e 16, às 20 horas, no auditório da Segunda Igreja Batista de Palmas - Sibapa (208 Sul).

O concerto musical será apresentado por 26 instrumentistas da Orquestra Viva Música com participação especial do cantor Dorivã, acompanhado da orquestra com contrabaixo, piano, violão, bateria, metais, madeiras, contrabaixo acústico, violoncelos, violas e violinos.

As canções têm orquestração dos maestros Heitor Oliveira e Wilames da Costa, e arranjos de Dorivã, Carlos Fuchs, Luis Chaffin e Jessé Fonseca. De acordo com o maestro Bruno Barreto, responsável pelo projeto, a ideia surgiu da necessidade do fomento da prática e, consequentemente, da fruição da música instrumental de concerto, além da valorização da cultura regional tocantinense. "As canções do músico Dorivã ganham arranjos muito especiais, que certamente vão emocionar o público que prestigiar", adianta o artista.

O projeto é realizado pela Orquestra Viva Música, conjunto musical vinculado à Associação Viva Música. Ainda segundo Bruno Barreto, o projeto visa promover a formação de plateia para apreciação da música do cancioneiro regional tocantinense, pouco difundidos nos meios de comunicação de grande circulação.

Este é o primeiro de uma série de dois concertos musicais. Ambos contarão com gravação auduovisual e ficarão disponíveis nas redes sociais da Associação Viva Música.

Projeto

O projeto foi contemplado pelo Prêmio Aldir Blanc Tocantins, do Governo do Estado do Tocantins, com apoio do Governo Federal - Ministério do Turismo - Secretaria Especial da Cultura e Fundo Nacional da Cultura.

Orquestra

A Orquestra Viva Música tem na regência o maestro Bruno Barreto e é formada por 26 instrumentistas. Ao longo da sua existência, participa de eventos de grande relevância no panorama musical tocantinense, tais como: SESC Partituras, Concertos em Pauta e Quarta Clássica.

Ficha Técnica
Maestro: Bruno Barreto
Violinos
Alexandre Gomes
Weliane Monteiro
Daniel Brandão
Helaine Santos
 
Violas
Gabriel Lacerda
Ana Larissa
Giovanna Gomes
 
Violoncelos
Maria Helena
Dionison Marcos
 
Contrabaixo acústico
Moisés Alves
Matheus Lopes
 
Madeiras
Wallas Alves
Gutenberg Nicacio
Wemersom Martins
 
Metais
Wilton Dourado
Wedisson Monteiro
Matheus Dias
Jeremias Moreira
Gabriel Candido
 
Bateria
Matheus Lopes
 
Violão
Eddie Gomes
 
Piano
Aline Martins
 
Contrabaixo
Felipe Araújo
 
Serviço
O quê - Concerto Trilhas Tocantinenses
Quando - Sexta e sábado, 15 e 16 de outubro
Horário- Às 20 horas
Local - Auditório da Igreja Sibapa - (Próximo ao Colégio Marista/208 Sul)

- Divulgação