Antônio Andrade, sugeriu mudar o regimento da casa, passando o voto secreto para aberto

Da Redação

Nos bastidores, deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, demonstram confiança quanto ao Impeachment de Mauro Carlesse (PSL) governador do Estado. Segundo avaliam parlamentares por conta dos dois pedidos já protocolado e um por vir da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB -TO) o impeachment tem tudo para acontecer. 

Inicialmente primeira solicitação feita pelo deputado estadual Junior Geo, corrobora com a segunda solicitação, enviada pelo SISEP Tocantins (Sindicato dos Servidores Públicos), ambas se baseiam nos fatos revelados da operação Hygea, e foram encaminhadas para a Procuradoria do Estado. 

Além da solicitação de impeachment outra proposta que está em tramitação dentro da Casa é um Regimento sugerido pelo presidente Antônio Andrade. 

"Reunimos com os deputados, nós vamos ver o que precisa fazer, uma coisa que posso adiantar, e que nós vamos entrar com o pedido, para que possamos mudar o regimento e mudar a forma de votar... Quero tirar o voto secreto para o voto aberto", afirma o presidente da ALETO.