Monitoramento prévio da DHPP Palmas indicou que o principal alvo iria empreender fuga

Da Redação

Dois homens investigados pelo crime de homicídio que vitimou Dyemerson Basílio Alves da Costa, 26 anos, foram presos na madrugada desta sexta-feira, 27, na região sul da Capital, por policiais civis da 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP - Palmas), em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Os investigados de iniciais W.F.B, 37 anos, vulgo Babaçu, e E.T.A, de 20 anos, vulgo Betim, são membros de uma facção rival à da vítima que, igualmente aos autores, possuía ficha criminal.

A ação policial seria deflagrada às 5 horas da madrugada, entretanto, o monitoramento prévio dos alvos, indicou que Betim planejava se evadir da cidade, fazendo com que a equipe da 1ª DHPP, antecipasse a operação ainda no final da noite de quinta-feira. “Por volta das 23 horas, recebemos essa informação e fomos para o Jardim Aureny IV para tentar monitorar a saída dele e capturar. Quando nós chegamos, ele avistou a viatura, entrou para sua residência, pulou o muro e fugiu”, destaca o delegado Eduardo Menezes.

“No monitoramento, percebemos o momento em que ele realizava uma venda de droga e como estava em situação de flagrante, tentamos fazer a abordagem, só que ele conseguiu fugir e nós efetuamos a perseguição”, explica o delegado titular da DHPP - Palmas, Guilherme Torres, responsável pela investigação.