Polícia Civil prendeu suspeito de matar brutalmente ex-vereador de Guaraí Gercival Lopes da Silva

O crime chocou a população pela crueldade, homem morreu na sala da sua residência e vizinhps teria ouvido ele pedir socorro

Da Redação

A Polícia Civil prendeu na tarde de sábado, o principal suspeito, um homem de 20 anos, pelo crime de latrocínio, ocorrido por volta das 18h da última sexta-feira, 8, que vitimou o professor e ex-vereador Gercival Lopes da Silva, de 50 anos de idade.  O crime chocou a população de Guaraí no Centro Norte do Estado.

De acordo com o delegado-regional Adriano Carrasco, a operação da Polícia Civil para desvendar o crime foi montada logo após o corpo do professor e ex-vereador Gercival ter sido encontrado na residência. 
De acordo com a polícia, o suspeito tinha amizade com o ex-vereador, ele foi capturado, quando tentava se esconder no forro da residência de sua namorada, em Guaraí.
  
Em poder do homem, os policiais civis encontraram as roupas furtadas da vítima e utilizadas na fuga. Ainda, mediante trabalho investigativo com apoio da 1ª Denarc, as equipes de Guaraí localizaram e prenderam o receptador do telefone celular da vítima, que também tem 20 anos e é primo do homem suspeito de cometer o latrocínio.

O homem foi autuado em flagrante pelo crime de latrocínio e encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. O outro indivíduo, de 20 anos, foi autuado por receptação e também recolhido a CPP de Guaraí.