Vítima é sobrinha do investigado e também está desaparecida

Vania Machado/Governo do Tocantins

Policiais civis da 4ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV - Colinas) estão à procura de Uilian Correia da Silva, 32 anos, investigado pelo crime de estupro de vulnerável tendo como vítima a própria sobrinha Katiele de Oliveira Silva, 17 anos, que também está desaparecida. Informações sobre seu paradeiro podem ser repassadas à DEAMV - Colinas, por meio dos seguintes números: (63) 3476-1738 ou (63) 3476-4352 ou ainda pelo WhatsApp (63) 9284-1517.

O crime ocorreu no ano de 2020, quando a vítima tinha apenas 13 anos. Assim que o caso foi descoberto, o suspeito se evadiu da cidade, levando a vítima, já com 14 anos, consigo. Contra Uilian existe um mandado de prisão em aberto, por isso ele é considerado foragido.

"É um caso emblemático porque o autor é tio da vítima, houve uma fuga dos dois juntos. Em 2021 conseguimos localizá-la, porém quatro meses depois do retorno dela ao lar, ela fugiu novamente e desde então a família não tem notícias. A Polícia Civil já utilizou de todos os meios para localizá-la, pois a família está desesperada e essa divulgação em massa é a última alternativa para encontrarmos", destacou a delegada titular da DEAMV - Colinas, Lorranny Almeida.