Proprietário de famosa cachoeira no Jalapão, grava vídeo acusando Kátia Abreu de calote

O início da confusão teria iniciado a partir da cobrança de R$ 25,00 para entrar no local

Da Redação

Desde a semana passada circula nas redes sociais, um vídeo em que o proprietário de um famoso ponto turístico no Jalapão, acusa a Senadora Kátia Abreu (PP), de ter dado calote ao consumir em seu empreendimento. Ele ainda afirma que o esposo de Kátia, Moisés Gomes que é superintendente do SEBRE/TO teria tentado agredir um funcionário.

A Cachoeira da Formiga, que faz parte do cartão postal do Jalapão e conhecido no mundo todo, foi palco de desentendimento entre a direção da empresa e a senadora. O local é de propriedade de Simão que é bastante conhecido na região. O início da confusão teria iniciado a partir da cobrança de R$ 25,00 para entrar no local. 

“Ela chega no estabelecimento dos outros querendo invadir, eu fui eleitor dela”, afirmou Simão em parte do trecho divulgado nas redes sociais. 

 

Outro lado

A Senadora Kátia Abreu (PP), enviou nota ao Diário Tocantinense, para comentar a sua versão sobre o assunto.

Confira:

ESCLARECIMENTO AO TOCANTINS SOBRE EPISÓDIO NO JALAPÃO

“Estive neste final de semana no Jalapão levando autoridades importantes de Brasília para conhecer uma das regiões mais lindas do Brasil. 

Vi os empreendedores dos pontos turísticos lutando para melhorar suas instalações. É visível a melhora que estão fazendo com tanto sacrifício. Infelizmente, as estradas de acesso estão em estado de calamidade pública. Muito triste deixar os turistas sofrerem tanto para chegarem até lá.

No ano passado, liberei para os 7 prefeitos do Jalapão R$ 2 milhões em máquinas que estão sendo licitadas para o consórcio municipal dar manutenção nas estradas.  Liberei ainda 6 Centros de Atendimento ao Turista (CAT) para 6 cidades do Jalapão e Serras Gerais. Estão em fase de licitação pelas prefeituras. Neste ano, pretendo destinar recursos para calçamento das ruas de Mateiros, São Félix e Ponte Alta.

Por fim, registro meu desalento ao ver o estado crítico de um dos pontos turísticos mais procurados do Jalapão: a Cachoeira do formigo. Este é o único empresário que, ao contrário dos demais, piora sua estrutura ano a ano em desrespeito total ao turista.

Encaminho as fotos do local, tirado sábado. Não foi possível usar o atrativo, pois, além das condições precárias, havia ainda aglomeração de pessoas dentro da cachoeira. Os nossos visitantes quiseram sair imediatamente.

Apesar do grande faturamento que aquele local gera, o proprietário não investe em nada. Isso prejudica a imagem do nosso Jalapão. E as autoridades precisam tomar providências. Mas não tomam.”

Senadora Kátia Abreu

 

 

 

Confira abaixo o vídeo:

 

- Divulgação