Urgente! Cidade de Conceição do Araguaia no Pará que divide fronteira com o estado do Tocantins registra primeiro caso de fungo negro

O quadro foi diagnosticado em um paciente idoso, com a idade não revelada, que vive no município de Santana do Araguaia

Ricardo Almeida/Da Redação

Confirmado nesta quinta-feira, 10, o primeiro caso de mucormicose, conhecida como Fungo negro estava associada à Covid-19 na cidade de Conceição do Araguaia (PA). A cidade está as margens do rio Araguaia e faz fronteira com o município tocantinense de Couto Magalhães. O quadro foi diagnosticado em um paciente idoso, com a idade não revelada, que vive no município de Santana do Araguaia, no sudeste do estado do Pará.

De acordo com o Governo do Pará, o paciente deu entrada no Hospital Regional de Conceição do Araguaia, município vizinho à Santana do Araguaia, com sintomas da doença. Na unidade, ele foi diagnosticado com corona vírus e foi internado. Alguns dias depois ele teve melhora clínica e recebeu alta.

Após ser liberado, segundo a secretaria, o paciente apresentou piora no quadro. Ele procurou atendimento nos municípios de Araguaína e Palmas, ambos no Tocantins. O idoso voltou a ser internado e só então recebeu o diagnóstico de mucormicose, e foi transferido para São Paulo (SP).

Em nota o Governo do Tocantins que conforme divulgação da Secretaria de Saúde do Pará, não há necessidade de barreiras, visto que a mesmo esclareceu que a mucormicose não é uma infecção contagiosa.