Segundo o B.O, os dois vivem juntos há um ano e têm uma filha de sete meses desse relacionamento conturbado

Da Redação

Uma estudante de 21 anos, residente em Colinas do Tocantins, buscou medidas judiciais para garantir sua segurança contra o companheiro, um mecânico de 30 anos, após ser agredida na casa da ex-namorada dele, que é amiga da vítima. O incidente, que envolveu roubo de celular, foi documentado em um inquérito policial registrado na última terça-feira (26) na 4ª Delegacia de Polícia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis, com pedido de medidas protetivas.

Segundo o boletim, o casal, junto há um ano, tem uma filha de sete meses. O relacionamento tumultuado resultou em inúmeras separações, algumas marcadas por medidas protetivas devido a episódios de agressões, injúrias e lesões corporais, culminando no término definitivo da relação.

A vítima relata que, no último dia 20, por volta das 14h, visitava uma amiga, esposa do mecânico, quando este a abordou para uma conversa. Durante o diálogo, ele a agrediu com um tapa no rosto, fazendo-a cair. Posteriormente, o homem a chutou, e as amigas intervieram, acionando a Polícia Militar. O suspeito fugiu com o celular da vítima, um iPhone 7 Plus Cinza.

O pedido de novas medidas protetivas foi protocolado na última quarta-feira (27) e será analisado pela 1ª Vara Criminal de Colinas.