Rérisson ameniza escolha do vice de Wagner em Araguaína: "Ninguém no momento é unanimidade"

Para Rérisson, "ter aceitação do grupo já é um grande privilégio": "Temos ótimos nomes. Isso é o que importa"

Da Redação

Para o suplente de deputado estadual, delegado Rérisson Macêdo (Podemos), “ter ótimos nomes é o que importa”. Nessa quarta, 27, a possível indicação do seu nome para vice de Wagner Rodrigues (SD), candidato do prefeito Ronaldo Dimas (Podemos), gerou dúvidas entre os aliados que também colocaram seus nomes à disposição para compor a majoritária.

Ao Blog DT, o vereador Terciliano Gomes (PSD), que faz parte do grupo que quer indicar Joaquim Quinta Neto para a vaga de vice, chegou a afirmar que a decisão do vice de Wagner Rodrigues “ainda precisa ser amadurecida”.

Para o delegado Rérisson, “ter aceitação do grupo já é um  grande privilégio”: “Temos ótimos nomes. Isso é o que importa”, disse.

Segundo ele, “ninguém no momento é unanimidade”. “Respeito cada liderança do grupo. Todos têm a minha admiração de uma forma ou outra. Ninguém no momento é unanimidade, mas caminhamos nesse sentido sempre. Somos uma família e isso é o que importa. O interesse maior é bem servir nossa cidade e suas expectativas. Que bom integrar um grupo com tantos nomes bons e disponíveis”, afirmou.