Urgente!

Juíz Federal mantém preventiva de Marcelo Miranda em sala de QCG de Palmas

Após a oitiva do ex-governador Marcelo (MDB), o juiz do caso, João Paulo determinou a manutenção da prisão preventiva.

Foto: Divulgação
  • Da Redação
  • 26 de setembro de 2019 (Atualizada em 26/09/2019 21:20:01)

Após a oitiva do ex-governador Marcelo de Carvalho Miranda (MDB), o juiz federal do caso, João Paulo Abe, determinou a manutenção da prisão preventiva do ex-gestor. Abe considerou como graves as denuncias feitas a Miranda que os motivou a prisão. Ele continuará preso no quarte da PM.

Marcelo Miranda foi preso na manhã desta quinta-feira (26), enquanto estava no apartamento funcional de sua esposa a deputada federal, Dulce Miranda.

A prisão faz parte da operação 12º trabalho realizado pela Policia Federal.

Entenda

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (26), em Brasília, o ex-governador Marcelo Miranda, no apartamento funcional de sua esposa a deputada federal Dulce Miranda. Ele é investigado em operação sobre corrupção. A operação também ocorre na capital, Palmas é em uma fazenda localizada em Santana do Araguaia (PA). O pai do ex-governador, Brito Miranda foi preso em Palmas e o irmão dele, Brito Junior, foi preso em uma fazenda em Santana do Araguaia (PA).

Conforme informações levantadas pelo Diário Tocantinense, a operação visa desarticular uma organização criminosa suspeita de pratica constante de atos de corrupção, peculato, fraudes em licitações, desvios de recursos públicos, recebimento de vantagens indevidas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro; são ainda cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva.

A operação da Policia Federal foi autorizada pelo juiz João Abe.

Mais informações a qualquer momento.

 

LINK CURTO: https://diariotocantinense.com.br/r/QX

Deixe seu comentário: